Bem - Vindo ao maior Festival de Musica Portuguesa.           »          Hora Kuduro/Hora Kizomba - Sextas e Sábados ás 22.00h(pt)           -                        Temos as melhores musicas, os sucessos de todos os tempos, e os temas mais dançantes em todo o planeta.          Envie-nos os seus Eventos e nós Promovemos.

Nuno Da Silva - "Artesão de cantigas"


Natural de Ruivães, V.N.de Famalicão, Minho,nasceu a 8 de Agosto de
1956 , a vocação musical muito novo lhe surgiu, o ambiente familiar a isso
era propício. Seu pai possuía uma voz maravilhosa, era alfaiate bem como seu avô e tios mas também se dedicavam...
à música,enquanto que seu avô materno
usufruia da frescura dos campos e montes, guardando os seus rebanhos de ovelhas
e cabras , conhecido pelo « Cabreiro » donde a simplicidade de Nuno da Silva,
o amor e o respeito pela natureza .
De espírito comunicador e de descoberta e senhor duma voz cristalina
de um timbre muito agradavél e em permanência á escuta do seu público
nos seus espectáculos produz uma harmonia e um bem estar, graças
á escolha de suas canções diversas de ritmo e alegria .
Nuno da Silva define-se como um autor - compositor ,artesão de cantigas e artista
discreto, e como minhoto herdou de seu povo a alegria das festas e danças
com seus trajes tradicionais, ao som duma concertina e a nostalgia das noites
húmidas do Atlântico.
Distante dos palcos e das gravações estes últimos anos devido a uma grave
doença à qual foi submetido a intervenção cirurgical ,Nuno da Silva aconselhado
pelos seus médicos ,e reclamado pelo seu público, tenta regressar e
relançar a sua carreira com um novo trabalho,em preparação previsto para
2012 e assim festejar com os seus admiradores e amigos os trinta anos de
carreira a solo .
Hoje, Nuno da Silva vive num cantinho muito lindo de França numa aldeia de
500 almas, na região da Vendée, junto ao mar que tanto adora, com sua
família, onde é apreciado pela sua simplicidade e continua a vogar ao encontro
dos seus compatriotas levando consigo ,nos seus espectáculos “o cheirinho de
Portugal” e o amor de sua “ terra natal”.
começou a sua carreira como cantor de baile.
E m 1974, reúne a seu lado Michel Dell'Anna guitarrista, e Paolo Damanti pianista,
dois jovens de origem italiana,que frequentavam o mesmo curso de
música que Nuno da Silva, do Sr.Raes no Norte de França ,para onde seus haviam
emigrado ,e daí nasceu a sua primeira banda Arena o sucesso foi imediato, e Nuno é
solicitado para cantar com o famoso chefe d'orquestra e acordeonista belga, Guy
Denis . Em 1978 Nuno forma a sua segunda banda « Casino -Royal « e pouco a pouco
com paciência, trabalho e força de vontade vai aprender a sua futura profissão, e
saber esperar pelo momento de ultrapassar os obstáculos de que a vida artística é
feita, mas Nuno sendo do signo do leão com garras tem lutado para nela vingar.
E m 1982, Nuno encontra em Paris o autor-compositor hispano-suiço de renome,
Frederic Dial que compôs entre outros para Amália Rodrigues 4 temas
em espanhol (Mala suerte, Pelegaria,Bailen Bailen...) e que lhe apresenta uma
canção (As ruas de Lisboa) que será a sua primeira gravação, editada pela Barclay.
Primeiro disco e sucesso de estima que inciativa Nuno a exprimir-se em francês,
língua que ele afecta, e o caracteriza no seu desejo de descoberta e grava dois
singles “Mon Portugal” e “Troubadour de la Paix” e aparece pela primeira vez na
televisão francesa ,com o titulo le coeur chifonné .
E m 1987, Nuno expressa a vontade de regressar a pátria e numa das suas viagems
a Lisboa, reencontra-se com o seu amigo José Cid, e desta colaboração
vai editar na Philips Polygram dois temas « Moça portuguesa, e Bela » um single que
simboliza a mulher portuguesa, no seu dia a dia, e vai começar a assinar as suas
composições...                                                                                               OUVIR AQUI »